Sobreleituras

Leituras do mundo, das mais variadas, dos fatos e acontecimentos.

Posts Tagged ‘IBGE

Tendências de Comportamento: Solteiros

leave a comment »

Os solteiros, uma das parcelas que mais inflam no país, ditam tendências. Pouco a pouco, tomam conta das cidades, e o mercado cede ao aumento de pessoas nessa condição, passando a se dedicar a produtos para essa classe.

Se antigamente, casar e ter filhos aos 15 anos era natural, já que a mulher era educada para ser dona de casa e cuidar dos filhos, nos tempos atuais, as coisas são bem diferentes. Em 2005, de acordo com pesquisas do IBGE, após os 26 anos é que se pensa em casamento, e ano a ano a tendência é que essa idade aumente.

Os solitários ocupam 11% das casas na capital paulista, o que significa mais de 1 milhão de domicílios.

Os que escolheram a solidão, vão desde pessoas que querem aproveitar a ascensão profissional e ficar na casa dos pais por mais tempo, para guardar dinheiro; até o divorciado em busca do tempo perdido.

De acordo com o último censo do IBGE, há quase 53 milhões de pessoas com mais de 18 anos solteiras, o que equivale a 30% da população brasileira, número 70% maior que na década de 90.

Até uma data comercial já foi criada, o dia do solteiro, que foi comemorado em 15 de agosto.

Pesquisa do Instituto Ipsos/Marplan/EGM, realizada no ano passado, apontava Salvador como a capital brasileira dos solteiros, na seqüência vem Brasília, seguida por Belo Horizonte e Fortaleza.

Os solteiros são clientes em potencial de uma diversidade de segmentos e gastam mais em objetos “desnecessários” [não pra eles claro!]. Ditam tendências e aquecem a economia, já que podem gastar mais com suas próprias vontades.

Os casamentos diminuem ano a ano, e os divórcios crescem, é o que apontam estudos na área.Ou seja, os solitários aumentam!

No supermercado, as prateleiras são invadidas por produtos embalados para uma pessoa. O setor automotivo, calcula que, um em cada sete carros novos, é comprado por solteiros. A construção civil, atenta ao público, passa a construir ambientes menores, de apenas um quarto, e aprovar financiamentos para solteiros em programas do governo.

O conceito de família se transforma, e novos formatos de convivência surgem. São pais ou mães solteiros, pessoas que vivem sozinhas, avós com netos, casais homossexuais, enfim, caminhamos para o encontro com as diferenças. Caminhamos para um tempo em que, todos, seremos um.

Em que serão respeitadas as opções individuais, o modo de vida que cada qual escolheu pra si. Seja casado, solteiro, com filhos, sem eles. Não importa. Importa é ser respeitado, pelas suas escolhas.

E o mercado que fique atento. Às tendências do momento. E ao momento.

____________________________

E NA INTERNET… A MAIS CLARA “PROLIFERAÇÃO DOS HÁBITOS”:

Existem sites com discussões sobre o assunto, um deles:

http://www.solteirosporopcao.com.br/,

Além do blog:

http://www.solteiros.org/, com crônicas e afins sobre “ser solteiro”.

No mínimo divertido! Ler, se encaixar [ou não], e refletir. Sobre as mudanças de comportamento.

___________________

Campos do Jordão, 04 de setembro de 2008.

Anúncios

Written by Doce vida

setembro 4, 2008 at 11:54 pm

Publicado em Diversas

Tagged with ,

Censo 2010

leave a comment »

Já esta em andamento o preparo do mais completo levantamento sobre a população brasileira, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE), o décimo segundo censo populacional, a acontecer em 2010.

O censo identificará idade, sexo, etnia, língua falada, cor, nível de instrução e saúde, emprego e renda da população brasileira, incluindo ainda informações sobre localização, qualidade e redores dessas moradias (se estão em favela, se há infra-estrutura urbana, se existe poluição na região).

As informações do Censo 2010 apoiarão o planejamento público e privado dos próximos dez anos.

O IBGE decidiu chamar à responsabilidade todos os gestores municipais, que deverão instituir comissões censitárias, destinadas a ajudar na preparação da Cartografia do Censo Demográfico de 2010, a estar concluída em agosto do próximo ano.

A intenção é a de um cadastro atualizado continuamente, e não mais a cada dez anos, como funciona atualmente, construindo uma base de dados de todos os domicílios do país. A atualização contribuirá para a melhor distribuição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que varia de acordo com o número de habitantes de cada localidade.

Serão contratados e treinados 240 mil profissionais para a coleta de dados, em 58 milhões de domicílios espalhados pelos 5.564 municípios brasileiros.

220 mil computadores de mão, equipados com receptores de GPS, serão utilizados. O tempo de entrevista não poderá ser superior a 30 minutos.

O custo total da operação, desde o início dos trabalhos até a divulgação dos resultados finais, será de aproximadamente R$ 1,4 bilhão, equivalente a pouco mais de R$ 24 por domicílio.

O Instituto contratará 200 mil agentes censitários, treinados para utilizarem questionários eletrônicos e computadores portáteis (PDAs) e ainda se localizarem na base territorial de suas coberturas por GPS.

Um modelo preliminar de questionário será testado em alguns municípios. No estado de São Paulo apenas em Mogi das Cruzes. Sete novas questões foram incluídas, em relação ao último censo, no ano de 2000.

A possibilidade de o questionário ter uma versão eletrônica, como o imposto de renda é estudada. O IBGE pretende saber mais sobre brasileiros que foram viver em outro país, filhos de casais diferentes que moram na mesma casa, além de medir o tempo gasto pelo chefe de domicilio para responder ao questionário.

Em 10% das casas visitadas, um formulário mais detalhado será aplicado, aprofundando questões socioeconômicas, culturais e educacionais. Neste mesmo questionário será contabilizado também o número de casais homossexuais, soma que nunca foi feita em capitais e regiões metropolitanas.

_____________________________________

Para saber mais é só clicar http://www.ibge.gov.br/home/ e dentro do site, no sistema de buscas: censo 2010. As informações estão em andamento, junto com os processos.

Sobre o concurso, para pessoas com curso superior completo, que irão trabalhar no planejamento do censo, por um período de até 12 meses, prorrogável por, no máximo, mais doze, com remuneração mensal de R$ 4 mil, além de auxílio-alimentação, auxílio-transporte, férias e 13º salário, por 40 horas de trabalho semanais.

As inscrições ficarão abertas entre 1º e 25 de setembro.

http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=1204&id_pagina=1

Campos do Jordão, 24 de Agosto de 2008.

Written by Doce vida

agosto 24, 2008 at 12:17 am

Publicado em Diversas

Tagged with , ,