Sobreleituras

Leituras do mundo, das mais variadas, dos fatos e acontecimentos.

Posts Tagged ‘comportamento

Tendências de Comportamento: Solteiros

leave a comment »

Os solteiros, uma das parcelas que mais inflam no país, ditam tendências. Pouco a pouco, tomam conta das cidades, e o mercado cede ao aumento de pessoas nessa condição, passando a se dedicar a produtos para essa classe.

Se antigamente, casar e ter filhos aos 15 anos era natural, já que a mulher era educada para ser dona de casa e cuidar dos filhos, nos tempos atuais, as coisas são bem diferentes. Em 2005, de acordo com pesquisas do IBGE, após os 26 anos é que se pensa em casamento, e ano a ano a tendência é que essa idade aumente.

Os solitários ocupam 11% das casas na capital paulista, o que significa mais de 1 milhão de domicílios.

Os que escolheram a solidão, vão desde pessoas que querem aproveitar a ascensão profissional e ficar na casa dos pais por mais tempo, para guardar dinheiro; até o divorciado em busca do tempo perdido.

De acordo com o último censo do IBGE, há quase 53 milhões de pessoas com mais de 18 anos solteiras, o que equivale a 30% da população brasileira, número 70% maior que na década de 90.

Até uma data comercial já foi criada, o dia do solteiro, que foi comemorado em 15 de agosto.

Pesquisa do Instituto Ipsos/Marplan/EGM, realizada no ano passado, apontava Salvador como a capital brasileira dos solteiros, na seqüência vem Brasília, seguida por Belo Horizonte e Fortaleza.

Os solteiros são clientes em potencial de uma diversidade de segmentos e gastam mais em objetos “desnecessários” [não pra eles claro!]. Ditam tendências e aquecem a economia, já que podem gastar mais com suas próprias vontades.

Os casamentos diminuem ano a ano, e os divórcios crescem, é o que apontam estudos na área.Ou seja, os solitários aumentam!

No supermercado, as prateleiras são invadidas por produtos embalados para uma pessoa. O setor automotivo, calcula que, um em cada sete carros novos, é comprado por solteiros. A construção civil, atenta ao público, passa a construir ambientes menores, de apenas um quarto, e aprovar financiamentos para solteiros em programas do governo.

O conceito de família se transforma, e novos formatos de convivência surgem. São pais ou mães solteiros, pessoas que vivem sozinhas, avós com netos, casais homossexuais, enfim, caminhamos para o encontro com as diferenças. Caminhamos para um tempo em que, todos, seremos um.

Em que serão respeitadas as opções individuais, o modo de vida que cada qual escolheu pra si. Seja casado, solteiro, com filhos, sem eles. Não importa. Importa é ser respeitado, pelas suas escolhas.

E o mercado que fique atento. Às tendências do momento. E ao momento.

____________________________

E NA INTERNET… A MAIS CLARA “PROLIFERAÇÃO DOS HÁBITOS”:

Existem sites com discussões sobre o assunto, um deles:

http://www.solteirosporopcao.com.br/,

Além do blog:

http://www.solteiros.org/, com crônicas e afins sobre “ser solteiro”.

No mínimo divertido! Ler, se encaixar [ou não], e refletir. Sobre as mudanças de comportamento.

___________________

Campos do Jordão, 04 de setembro de 2008.

Anúncios

Written by Doce vida

setembro 4, 2008 at 11:54 pm

Publicado em Diversas

Tagged with ,